Blog Post

CONFISSÕES DE UM CORRUPTO: O diário do delator de US$ 100 milhões

CONFISSÕES DE UM CORRUPTO: O diário do delator de US$ 100 milhões

Sessões de pilates, acupuntura, leituras, clínica de fisioterapia, ‘tarefas domésticas’…veja a rotina do ex-gerente da Petrobrás Pedro Barusco, aquele que confessou ter recebido propina milionária de fornecedores e empreiteiras contratadas pela estatal

Parte do acordo de delação premiada do ex-gerente da Petrobrás Pedro Barusco prevê que o executivo faça uma espécie de diário de sua vida. Delator que confessou US$ 100 milhões em propinas, Barusco entregou à Justiça na quinta-feira, 3, um resumo de seus dias entre 30 de maio e 28 de julho.

Barusco fechou delação premiada com o Ministério Público Federal em 2014 e não chegou a ser preso. As revelações do executivo foram feitas entre novembro e dezembro de 2014 à força-tarefa da Lava Jato e tornadas públicas em fevereiro de 2015.

Do Estadão – Fausto Macedo

About Waldemar Ter

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *