Blog Post

COMPRA DE VOTOS: Temer faz várias trocas na CCJ para barrar relatório que pede sua cassação por corrupção

COMPRA DE VOTOS: Temer faz várias trocas na CCJ para barrar relatório que pede sua cassação por corrupção

Vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur (PRB-SP) disse que o relator rasgou o diploma; oposição celebra contundência do voto contra Michel Temer (PMDB)

O deputado Sergio Zveiter

Deputados de oposição celebraram o parecer favorável do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) à aceitação da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB). Já os governistas disseram acreditar que as trocas feitas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara derrubarão o relatório apresentado por Zveiter.

O voto de Zveiter não foi uma surpresa para os governistas, mas a contundência com que o deputado se manifestou trouxe euforia à oposição e preocupação para a base aliada. “Foi um dia triste para o estado de direito”, declarou Carlos Marun (PMDB-MS), vice-líder da bancada peemedebista e membro da tropa de choque de Temer.

A base aliada conta com a produção separada de um parecer contra a denúncia para ser aprovado como substitutivo ao parecer de Zveiter e ser levado ao plenário. Ao trocar 13 membros da comissão (sendo oito titulares), os aliados de Temer afirmam que terão 39 ou 40 votos contra a denúncia – no total, são 66 deputados. E, se forem detectados potenciais votos contrários, as trocas continuarão.

Veja também

O vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), disse que Zveiter “rasgou” o diploma de advogado. Para ele, o voto foi “muito fraco” e configura uma tentativa da oposição de fazer disputa política e partir para o revanchismo. “A oposição quer dar o troco no impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT)”, afirmou.

“Foi um relatório muito contundente”, rebateu o deputado Júlio Delgado (PSB-MG). Delgado reconheceu que as trocas vão interferir no placar da comissão, mas afirmou que o “rolo compressor” do governo resultará em uma vitória artificial para Temer na CCJ. “No plenário não dá para trocar deputado. Temos esperança grande.”

(Com Estadão Conteúdo)

About Waldemar Ter

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 1 =